Plano de Comunicação é fundamental para o exportador


viagem As micro e pequenas empresas brasileiras estão, pouco a pouco, perdendo o receio de exportar. De acordo com um estudo feito pelo Sebrae e pela Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior (Funcex), 61% das empresas exportadoras em 2010 eram de micro ou pequeno porte. Parece muito, mas esse percentual é resultado da ousadia de apenas 12 mil empreendedores em um universo de 6,4 milhões.


Esses ousados empresários tiveram de trabalhar duro para levar seus produtos e serviços a outros países. Precisaram se informar, definir o melhor mercado, estudar a legislação, fazer as adaptações necessárias, cumprir a burocracia... ou seja, trabalho duro!

 O governo brasileiro e algumas associações empresariais auxiliam os exportadores nas etapas iniciais de planejamento e em questões jurídicas e tributárias. Porém, ações de marketing e comunicação são de responsabilidade de cada empresa. A forma de promover seu produto no exterior deve estar no seu plano de internacionalização.


Se você foi ousado o suficiente para duvidar que exportar não é para os pequenos, duvide também que o investimento na promoção do seu produto no exterior esteja fora do seu alcance. Na Anima Brasilis trabalhamos com soluções modernas e parceiros no exterior para que você possa ir mais longe. É para isso que nós estamos aqui.